Agenda
Notícias
História
Cultura
Turismo
Mapas
Fotos
Vídeos
Orla
Praias
Points
Artesanato
Culinária
Museus
Contato
 
Academias
Automóveis
Bares e Cafés
Beleza e Saúde
Casa e Jardim
Delicatessens
Restaurantes
Pizzarias
Pousadas
Hotéis
Farmácias
Imobiliárias
Informática
Construtoras
Cursos e Universidades
Clínicas
Lojas
Materiais de Construção
Supermercados
Turismo - Agências
Rádio e TV
Jornais
Serviços

...E Maceió se transforma no paraíso dos livros
Maceió, 13 de março de 2008

“Este livro pertence ao mundo, leia-o e coloque-o em outro lugar público para que a palavra possa produzir sonhos e alegrias em outras pessoas”. Preste bastante atenção neste texto quando, a partir desta sexta, 14 de março, se deparar com ele escrito à mão em algum livro “esquecido” em locais públicos da cidade, como rodoviária, aeroporto, restaurantes, paradas de ônibus, consultórios, entre outros.

Encontrar um livro deste significa que você já faz parte do projeto Livro Errante, que será lançando oficialmente nesta sexta, Dia Nacional da Poesia. Fazer parte do projeto significa que, após terminar a leitura, você deve colocar o livro em algum local público, para que outra pessoa o encontre, tenha a chance de ler também, e assim por diante.

Essa espécie de corrente cultural foi idealizada pelo poeta Eduardo Proffa. Ele conta que, desde que conheceu um projeto semelhante no Paraná, quis repaginar a idéia e colocá-la em prática na terra caeté.

“A idéia consiste em deixar livros de autores alagoanos em locais públicos, para que eles sejam lidos por leitores alagoanos, no mesmo local, ou não. E, em seguida dar um novo destino público a eles, para que os livros passem de mão em mão”, explica Proffa.

Dezenas de escritores locais, entre eles o próprio Eduardo Proffa, Arriete Vilela, Carlito Lima, Tainan Costa, Jucá Santos, Isvânia Marques, Carlos Nealdo e Benilda Guimarães já doaram seus livros ao projeto.

Como participar

Os autores que queiram participar podem entregar seus livros (cinco exemplares) amanhã, a partir das 10h, na Biblioteca Pública do Estado, no Centro. Após um recital de poesias declamadas musicadas, os livros serão distribuídos com a participação dos próprios escritores.

Nos livros doados, devem estar escritas as seguintes informações: Projeto Livro Errante; o texto “Este livro pertence ao mundo. Leia-o e coloque-o em outro lugar público, para que a palavra possa produzir sonhos e alegrias em outras pessoas”; local e data (Maceió, 14 de março de 2008) e a assinatura do autor.

Contato: Eduardo Proffa

8807 - 5064 / 3326- 8392

Fonte: Alagoas 24 Horas

Agenda Cultura Culinária Turismo Pousadas Hotéis Restaurantes