Agenda
Notícias
História
Cultura
Turismo
Mapas
Fotos
Vídeos
Orla
Praias
Points
Artesanato
Culinária
Museus
Contato
 
Academias
Automóveis
Bares e Cafés
Beleza e Saúde
Casa e Jardim
Delicatessens
Restaurantes
Pizzarias
Pousadas
Hotéis
Farmácias
Imobiliárias
Informática
Construtoras
Cursos e Universidades
Clínicas
Lojas
Materiais de Construção
Supermercados
Turismo - Agências
Rádio e TV
Jornais
Serviços

Pare, olhe e escute: lá vem a Maria Fumaça
Maceió, 08 de setembro de 2008

Piuiiiiiiiiiiiiiiiiiii! O apito do trem serve de alerta e causa alvoroço nas comunidades próximas às estações ferroviárias de Maceió. “Corre, minha gente, olha, ela está passando”. A frase tem se tornado freqüente e é dita ao mesmo tempo por muitas pessoas. Crianças, adultos e idosos largam tudo o que estão fazendo para ver a Maria Fumaça passar, e a sua passagem tem causado uma combinação de sentimentos: curiosidade, excitação, alegria...

Na CBTU, uma equi­pe está sendo trei­na­da para colo­car a Maria Fumaça de volta aos tri­lhosDepois de décadas parada, uma locomotiva a vapor que pertencia à Usina Utinga Leão – que recentemente foi adquirida pela Companhia Brasileira de Trens Urbanos (CBTU) de Alagoas – tem feito “viagens experimentais” pela capital das Alagoas. Máquina e manobristas estão em fase de teste, se acostumando um aos outros, mas a expectativa é de que, em um mês, a Maria Fumaça esteja oficialmente à disposição de nativos e turistas.

Mesmo em fase experimental, a locomotiva tem chamado a atenção da população. A cena já está se tornando comum aos domingos: quando ela passa – ou desfila, como alguns definem – pelos trilhos de Maceió: todo mundo quer ver. De longe, as pessoas já a identificam. “A buzina e a fumaceira são inconfundíveis e encantadoras. É muito bonito vê-la passar”, descreveu o comerciante José Maurício dos Santos.

A previsão da CBTU de Alagoas é de que a Maria Fumaça deva se engajar ao tráfego normal de circulação em 30 dias, e o retorno será em grande estilo. O superintendente do órgão, José Marques de Lima, explicou que a locomotiva faz parte de um projeto que tem como meta expandir o turismo cultural.

Recuperada, a loco­mo­ti­va a vapor foi adqui­ri­da pela CBTU de Alagoas


Projeto cultural

A idéia é alugar a locomotiva a vapor, exclusivamente aos domingos, para entidades e órgãos que trabalham com crianças e idosos e para agências de viagens interessadas em fazer o percurso Maceió/Lourenço de Albuquerque - o mesmo que é feito diariamente pelos trens.

Durante o itinerário, a atração será a paisagem e a sua história. Além disso, em cada estação ferroviária, produtos artesanais e comidas típicas estarão à disposição dos passageiros. “O objetivo é incrementar a economia ao longo do sistema ferroviário”, explicou o superintendente José Marques de Lima.

Dama de Ferro

A técnica-mecânica Patrícia Santos de Souza, 27, será uma das manobristas da Maria Fumaça. Ela é a única mulher numa equipe de seis pessoas. Patrícia tem demonstrado ansiedade e alegria para ver a locomotiva em pleno funcionamento.

“Na semana passada fomos até Bebedouro. É muito bonito e gratificante ver a receptividade da população em torno dela. As pessoas vêem e aplaudem. Algumas pedem para tirar fotos. Tem gente que fica em 'estado de choque', mal consegue sair do lugar. Aqui, na CBTU, ela é o nosso xodó, a chamamos de 'Dama de Ferro'”, contou.

Fonte: Revista Turismo & Negócio

 

Agenda Cultura Culinária Turismo Pousadas Hotéis Restaurantes